Quais são os mais importantes escritores brasileiros e suas principais obras


Enquanto muitos se divertem na complexidade cultural brasileira através de sua riqueza de gêneros musicais, o maior país da América do Sul também tem algumas das literaturas mais ricas da região. 
Autores brasileiros produziram alguns dos livros mais valorizados do mundo, explicando história, cultura e sociedade no Brasil com a ajuda de linguagem eloquente e poética.

Muitas das maiores obras apresentam personagens complexos e sérios, que muitas vezes realizam viagens corajosas, revelando conceitos e fenômenos inovadores ao longo do caminho. A herança literária do Brasil é, sem dúvida, influenciada pela vida de suas figuras mais influentes, muitas das quais tinham trajetórias incomuns.



Dom Casmurro, Machado de Assis (1899)

As obras de Assis São Radicais e influentes o suficiente para torná-lo o único autor a entrar nesta lista duas vezes. Em Dom Casmurro, Assis aborda ideias sobre adultério através da história de um marido traído. Capitu, a esposa do narrador, supostamente engana seu marido com seu melhor amigo, e dá à luz um filho. Embora o protagonista não acredite que a criança é sua, ele também parece não ter qualquer evidência factual de traição. Assis disse que os leitores devem ser capazes de descobrir a verdade a partir da própria história, que tem sido objeto de muitos debates acalorados desde a publicação.

A Favela, Aluísio Azevedo (1890)

Originalmente um jornalista, Azevedo inspirou-se em pessoas reais para seus personagens. Mas mais tarde abandonou esta tradição para o realismo literário, seguindo as influências de Eça de Queirós e Émile Zola. Na favela, Azevedo narra a vida dos imigrantes portugueses, ex-escravos e mestiços que vivem na mesma comunidade. Chave para entender o Brasil do século XIX, este livro mostra como personagens e comportamentos foram influenciados por seu ambiente, raça e posição social.

Macunaíma, Mario de Andrade (1928)

As obras de Andrade começaram a ser publicadas em jornais e revistas muito cedo em sua vida, e foi um dos pioneiros da literatura modernista no Brasil. Macunaíma é o trabalho de Andrade de realismo mágico, usando dialetos regionais e contando a história de um protagonista nascido na selva brasileira que pode se transformar. Em sua viagem de São Paulo e de volta, Andrade transporta leitores através dos extremos da Sociedade Brasileira. Apesar de Andrade ser prolífico, Macunaíma é notável por sua extensa pesquisa sobre linguística, cultura e folclore indígena.

O Quinze, Rachel de Queiroz (1930)

Queiroz tinha apenas 20 anos quando publicou O Quinze, contando a história da grande seca de 1915 no nordeste do Brasil. Nascida na cidade de Fortaleza, Queiroz foi bem colocada para contar a história de seu protagonista, Chico Bento, e a viagem de sua família para a Amazônia. O Quinze acabou por ser apenas um dos muitos trabalhos do Queiroz. Ela ganhou reconhecimento por várias crônicas de jornais, romances e contos. Em 1964, Queiroz representou o Brasil nas Nações Unidas e se tornou a primeira mulher a entrar na Academia Brasileira de letras.

Capitães das areias, Jorge Amado (1937)

Amado é um dos autores mais famosos e mais traduzidos do Brasil de todos os tempos. No ano de sua publicação, o capitão das areias causou uma Controvérsia, e mais de 800 cópias foram queimadas em uma praça na capital do Brasil. No entanto, a representação revolucionária de Amado das crianças de rua de Salvador suportou o teste do tempo. Na quadrilha de 100 crianças de rua, Amado mostra os líderes, professores, sonhadores e amantes e integra elementos da Cultura Afro-Brasileira, incluindo Candomblé e capoeira.

 

O Arquipélago, Erico Verissimo (1951)

A obra-prima épica de Verissimo vem em três partes, contando dois séculos de história brasileira. A trilogia – dividida no continente, o retrato e O Arquipelago, Verissimo conta a história de como o estado mais ao sul do Brasil, Rio Grande do Sul, foi formado. A partir de 1745, o épico de Verissimo traça as relações do Sul com a oligarquia, as guerras internas e os conflitos fronteiriços até 1945.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pressão atmosférica - O que é e como calculá-la

Teocentrismo - Definição e Exemplos do que é ser teocentrico

O Trabalho escravo no Brasil - Dados importantes